O que é mais barato: EUA, Duty Free ou Brasil?

Posted In: Viagem

Vocês me perguntaram e eu vim aqui responder!

O assunto de hoje é: compritchas!

O que é mais barato, comprar nos Estados Unidos, no free shop (Duty Free) ou no Brasil?

Vamos lá.

Em primeiro lugar, eu não recomendo fazer uma viagem só para comprar coisas. 

O dólar está muito alto, o valor das passagens varia muuuito de acordo com a época do ano. No inverno a gente tem menos espaço nas malas porque precisa de mais roupas. Acomodação é outro fator a se levar em conta, mesmo tendo a vantagem dos preços competitivos do Airbnb [link para texto do Airbnb]

Pensando em tudo isso, esse artigo é para quem está com uma viagem programada para os Estados Unidos e quer saber o que vale a pena comprar durante a viagem ou o que é melhor deixar para comprar no Brasil — já que aqui a gente pode parcelar as compras no cartão sem juros.

Primeiro eu quero explicar como funciona o Duty Free, o free shop dos aeroportos e fronteiras.

O Duty Free/free shop é como uma loja de departamento que vende roupas, perfumes, cosméticos, bebidas alcoólicas, chocolates, guloseimas, artigos de viagem, artigos de tabacaria, etc. 

A maior vantagem do Duty Free é que ele oferece carga de impostos reduzida para viajantes internacionais. É a proposta dele. As outras vantagens são a oferta de produtos que ainda não chegaram nas lojas do Brasil, edições limitadas de produtos e o fácil acesso.

As desvantagens, porém, são muitas. Para começar, elas trabalham com a própria cotação do dólar para manter um câmbio estável, então a cotação costuma ser um pouco mais alta que a do dólar turismo. O limite de compras para quem está desembarcando no Duty Free é US$1.000,00. Então para quem está querendo comprar eletrônicos, é preciso dar uma olhada antes. As lojas Duty Free do Brasil também estão entre as mais caras do mundo.

Detalhe importante: você só pode comprar nele quando estiver entrando ou saindo do país. Na hora de passar no caixa você precisa mostrar a sua passagem e passaporte para provar isto.

Dicas de ouro: fica mais barato pagar com dinheiro em espécie do que com cartão. Se você for comprar eletrônicos de uso pessoal, como uma câmera ou um telefone, compre na ida. Na volta, estes itens vão contar como de uso pessoal e, contanto que você não tenha dois de cada, você não será taxado.

O que vale a pena comprar no Duty Free:

  • Bebidas alcoólicas de edições limitadas
  • Perfumes de edições limitadas
  • Maquiagens de edições limitadas
  • Chocolates e guloseimas em tamanhos absurdos (pensem naqueles sacos de Toblerone de 1kg ou balas de ursinho da Haribo de 500g)
  • Eletrônicos tipo Playstation, Drones, GoPro, por causa da alfândega
  • Presente pra alguém que você gosta muito e deixou pra última hora

O que vale a pena comprar nos Estados Unidos:

Bom, é aqui que entra o perigo!

Muitas coisas são mais baratas nos Estados Unidos, mesmo com a cotação do dólar estando alta. Itens de uso pessoal como artigos de moda e acessórios, perfumes, maquiagens e cosméticos costumam ser mais baratos nos Estados Unidos. Mas a cotação do dólar anda alta e imprevisível então é muito importante fazer uma pesquisa antes.

No geral, produtos da Apple são muito mais acessíveis nos Estados Unidos, mas ainda assim eles são caros. Roupas de cama de qualidade são bem mais acessíveis por lá. Enxoval de bebê? Idem. Eletrônicos, nem preciso falar.

Se você já sabe o que quer comprar, entre no sites das lojas e dê uma olhada. A Sephora do Brasil e a Sephora dos EUA não tem preços tão diferentes assim, mas a Sephora dos EUA tem uma variedade muito maior de produtos, por exemplo.

É legal também saber das suas opções. Tem lojas onde você encontra produtos de marcas boas a preços muito melhores. Olha só:

  • Moda com desconto: Ross, Marshalls, TJ Maxx, Century21, Walmart; Macys;
  • Cosméticos, suplementos e perfumes: JCPenney, Sephora;
  • Farmácias: Ulta, Walgreens, CVS, Duane Reade;
  • Eletrônicos: BestBuy;
  • Cama, mesa e banho: Ross, Marshalls, TJ Maxx, Burlington, Target, Walmart;

O que vale a pena comprar no Brasil:

Tudo aquilo que você encontra nos dois países mas acha melhor poder dividir no cartão.

Às vezes você usa o seu iPhone ou Macbook para trabalhar e precisa trocar urgentemente e não dá tempo de esperar até a viagem: o jeito é comprar no Brasil e parcelar.

E é isso. Espero ter respondido as suas dúvidas!

Por favor sejam cuidadosos com as suas economias e pesquisem os preços antes de fazerem grandes investimentos. Se divirtam e explorem todas as lojas, principalmente as de departamento. Dá pra achar muuuuita coisa bacana a preços incríveis. Só não se esqueçam de remover as etiquetas dos itens de uso pessoal antes de voltar para o Brasil ou a alfândega vão achar que vocês são muambeiros e vocês vão pagar um tanto de impostos desnecessários!

    Add Comment