Quem é apaixonado por moda sabe que as roupas têm o poder de transformar o seu dia. O prazer de montar um look, fazer uma produção cuidadosa, é um ato de auto-amor. E por quê seria diferente com as peças íntimas? Afinal, elas são as primeiras que colocamos antes de sair e a última que tiramos na hora de dormir. A lingerie é uma forma de expressão assim como qualquer outra peça de vestuário, e ela não precisa ficar confinada debaixo de camadas e mais camadas de roupas. Tem lingerie que é feita para ser vista – como é a o caso da IETA.

Aliás, essa é a proposta da marca: peças modernas, bonitas e confortáveis. Roupas de baixo que também podem ficar à mostra porque são um charme.

Quando a gente se veste bem, a gente se sente bem. Fazer isso com lingerie é ainda mais poderoso porque estar coberta com apenas o mínimo possível é um ato que incita a auto-aceitação Te faz olhar no espelho e admirar a mulher que você é.

Dá pra perceber nos detalhes como as peças são confeccionadas com cuidado e atenção, e esses atributos só contribuem para a sensação de bem estar, de se amar e se aceitar. ❤️

Eu tô apaixonada pelas peças – e pelo conceito – da IETA, e então tive que compartilhar com vocês! Quem quiser ver mais pode ir lá no Instagram da marca e se esbaldar e claro, ficar de olho no meu que aos poucos eu vou criando coragem pra postar essas fotos lindas!

Fotos por UMA – Foto&Vïdeo

Write A Comment