Tendência de Moda: Anos 70

por .

destaque anos 70

Você sabia que looks com uma pegada setentinha está super em alta?! 

Se há algo que podemos falar sobre os anos 70 é que essa tendência é das mais ricas que já existiram! Você pode ter o estilo que for, mas dificilmente não irá cair de amores por alguma peça-chave ou característica dessa moda que contempla desde jaquetinhas militaristas até o estilo hippie chic, passando pelo safári. Interessou? Então vem que eu, Carolina Ionta, vou contar tudo o que você precisa saber sobre a tendência anos 70!

A década de 70 foi marcada como um período de grande efervescência política e cultural, com jovens ativos em busca da liberdade e quebra de tabus, e, como não poderia deixar de ser, tudo isso refletiu na moda.

Diversos estilistas apostaram na tendência anos 70 nos desfiles primavera verão 2015; Barbara Bui e Just Cavalli com franjas, Louis Vuitton com jeans total, Ralph Lauren com a cor camelo… E o vestido longo e fluído em quase TODOS os desfiles!

moda tendência anos 70

Principais elementos da tendência anos 70

 

Texturas

Não dá para falar de tendência anos 70 sem citar as texturas dos tecidos usados na época. Sempre com aquele ar atesanal, claro! As franjas estão em quase todas as coleções – em roupas, sapatos ou bolsas – anunciadas como um forte hit da estação. Aposte também, sem receio, em carmurças – por ter um ar bem rústico e boho, tanto a camurça quanto as franjas se aproximam bastante da estética hippie da época.

Invista também no crochê, que é a cara do verão. Muito usado por Brigitte Bardot e Janis Joplin, o tecido possui um ar artesanal característico da época. Hoje, mais sofisticado, contempla peças de roupas, bolsas, sapatos e biquínis (que, por sinal, estão com tudo e ficam incríveis no crochê).

 

Estampas

As estampas da tendência anos 70 possuem forte ar hippie. Antes, usada pela aristocracia britânica, o paisley, que surgiu na India, virou praticamente um símbolo desse movimento e da contracultura, tendo adeptos famosos na época, como Jimi Hendrix e Janis Joplin. Antigamente era chamado de cashmere e foi levado para a Europa por exploradores britânicos.

Também é impossível lembrar dessa década e não falar na estampa floral, mostrada em diversos desfiles, de calças até vestidos longos, como no de Saint Laurent. O floral volta, como em todo verão, com romantismo e femilidade. Outra estampa de destaque é a tie dye, muito usada nas passarelas de Roberto Cavalli e praticamente um símbolo de Woodstock.

 

Modelagem

A modelagem das roupas da tendência anos 70 privilegia as baixinhas. Se for seu caso, aproveite! Tanto a calça de cintura alta quanto a flare são peças que alongam as pernas. A flare ainda disfarça o quadril largo e deixa o look mais equilibrado. Gostou? Então coloque um salto e invista nessa modelagem para ter pernas longilíneas. Agora se você quiser vestir algo mais fresco ou botar sua feminilidade em voga, vá de minissaias! Elas também proporcionam esse efeito e estão super em alta, principalmente se tiverem botões aparentes – uma característica do militarismo, que contempla também as jaquetinhas militares, outra peça em alta.

Mas se a minissaia não for seu estilo e não deixar você confortável, se jogue nos vestidos longos! São leves e democráticos: podem ser usados em qualquer momento e lugar, como no trabalho ou em uma festa. E se você quiser algo mais diferenciado e estiloso, use um macacão de tecido ou jeans.

 

 

Cores

A tendência dos tons terrosos foi trazida por Saint Laurent, com inspiração no Marrocos, aonde possuía casa. O estilista foi o criador do estilo “saharienne”, um sucesso na época. Essa cartela – marrom, camelo, bege e khaki – que remete ao artesanal e rústico, característicos da década, apareceu bastante nas passarelas, como em Ralph Lauren com couro e, principalmente, em Barbara Bui também com couro e franjas.

Por outro lado, há o colorido, retratado pela psicodelia da música, cultura e até mesmo as drogas. Essa liberdade de cores representava todo o momento e espírito livre da época. Estilistas como Saint Laurent, Zandra Rhodes, Valentino e Emilio Pucci tentaram abraçar essa estética hippie, mas o lema entre a juventude era “Faça você mesmo”. Essa mistura de cores pode ser vista em bordados, estampas florais, patchwork, tie dye e estampas psicodélicas, como apresentada no desfile de Emilio Pucci.

 

Looks

No final dos anos 70 houve um crescimento do mercado jeans e da roupa esportiva. Nessa mesma década, Calvin Klein foi o primeiro estilista a colocar esse tecido, até então direcionado apenas para operários, em seus desfilfes. O jeans ganhou força, começou a abranger todas as classes e originou o look Jeans Total, como mostrado nas passarelas por Luis Vuitton.

A estética hippie é quase uma representação da tendência anos 70, de tão marcada que ficou. Muitas estampas coloridas, materiais rústicos, franjas e coletes compõe esse estilo que estourou, principalmente durante o festival de Woodstock, nos Estados Unidos, e influenciou milhares de pessoas. Por outro lado, temos um visual mais glam com muito brilho e tecidos metálicos, maquiagem colorida e plataformas: a Era Disco. Diversos estilistas, como Saint Laurent, abusaram do tecido metálico nas passarelas.

 

Acessórios

Os acessórios são elementos muito importantes na tendência anos 70. Da estética hippie temos a coroa de flores, bem Woodstock, que adiciona feminilidade, romantismo e leveza. Já está há algumas temporadas em alta, desde que Lana Del Rey as colocou em pauta.

Já os lenços no pescoço são charmosos e um ótimo truque para chamar a atenção para o rosto e disfarçar algum incômodo na região mais baixa do corpo como barriga pertuberante ou quadril largo. Nos pés, abuse dos calçados com aspecto rústico com muita plataforma, sandálias Anabela, saltos grossos e, melhor ainda se for de cortiça, como na sandália da Chloé.

 

E você, gosta da tendência anos 70? Quer uma dica? Aproveite e se jogue porque essa já é uma das grandes apostas desse verão! Conte pra mim o que mais faz a sua cabeça nessa tendência, deixe seus pitacos nos comentários abaixo!

 

Comments

comments

4 comments