O São Paulo Fashion Week é o 5º maior evento de moda do mundo, vocês sabiam? Ele vem atrás apenas de Paris, Milão, Nova York e Londres.

A semana de moda de São Paulo teve sua primeira edição em 1995, e desde então acontece duas vezes ao ano. Na época da sua fundação, toda a produção nacional do mercado da moda se espelhava na Europa e importava horrores. Foram anos até que as marcas nacionais se consolidassem e dessem ao evento uma cara mais brasileira, inspirada na cultura do país.

Vários nomes incríveis da moda brasileira se consolidaram depois de desfilarem suas marcas no SPFW, como Alexandre Herchcovitch, Glória Coelho e Ronaldo Fraga.

Em 1999, o canal E! começou a cobrir o evento, que se chamava Morumbi Fashion Week (alguém lembra? Eu não!). Nesse ano, quem veio arrasar nas passarelas brasileiras foi a maravilhosa da Kate Moss, para a mais maravilhosa ainda Ellus – queridinha de todo mundo até hoje. Entre 1998 e 2000 houve um grande boom na indústria têxtil, que começou a competir com marcas internacionais.

Top models brasileiras

E foi nessa época também que foram surgindo as grandes top models do Brasil. Gisele Bündchen, Shirley Mallmann, Isabeli Fontana, Alessandra Ambrósio – só as maravilhosas <3

Moda exportação

Reinaldo Lourenço, Glória Coelho, Alexandre Herchcovitch, Amir Slama, Iódice e Fause Haten começaram a fazer sucesso na gringa, colocando o Brasil no mapa da moda de vanguarda.

Sustentabilidade

O SPFW, por promover seus desfiles no Ibirapuera, foi considerado o evento de moda mais sustentável e consciente quanto à emissão de carbono. As outras fashion weeks do mundo começaram a se preocupar com isso logo depois.

See Now, Buy Now

Em 2016, foi anunciado que o evento ia se desprender das estações e lançar coleções que já estariam disponíveis para o consumidor final – uma coisa ligada ao imediatismo da cultura das redes sociais. É tão melhor não ter que esperar meses até ver as peças chegarem nas lojas, né?

SPFW N44 – O que esperar

O SPFW N44 já começa nesse final de semana, e vai ser mais curtinho que as últimas edições do evento. Mas a programação continua a todo vapor e vai ter muuuuita coisa pra ver entre os dias 26 e 31 de agosto.

No próprio dia 26, À La Garçonne vai abrir a temporada com um desfile no Theatro Municipal, às 9:30 da manhã. Já no domingo, 27, é a Iódice que apresenta sua coleção às 16h. Nos dias 28, 29 30 e 31 o batente vai ser pesado, com uma média de oito desfiles por dia. Será que dá tempo de ver tudo?

O evento termina com o #TodaBelezaPodeSer, um desfile-apresentação de uma coleção colaborativa promovida pela Natura. A curadoria é do Jackson Araujo e do estilista da CemFreio, Apolinário.

Estou animadíssima, mesmo com a correria! Com qual de vocês eu vou esbarrar por lá? Me contem!

Agendinha:

26/08, sábado

9h30 À La Garçonne

27/08, domingo

16h Iódice

28/08, segunda-feira

10h Uma
11h30 Paula Raia
15h Osklen
16h30 Vix
17h30 Fabiana Milazzo
18h30 João Pimenta
19h30 Lilly Sarti
21h Triya

29/08, terça-feira

10h Giuliana Romanno
11h Vitorino Campos
15h Lenny Niemeyer
16h Vanessa Moe
17h PatBo
18h TwoDenim
19h Lab
20h Água de Coco

30/08, quarta-feira

10h Animale
11h30 Gloria Coelho
14h Ronaldo Fraga
15h Sissa
16h30 Cotton Project
18h30 Amir Slama
20h Lino Villaventura
21h Tig

31/08, quinta-feira

12h Samuel Cirnansck
14h30 Coven
15h30 Helô Rocha
17h30 Juliana Jabour
18h30 Apartamento 03
19h30 Reserva
20h30 Ratier

Write A Comment