Arquivos da categoria: Viagem

Viagens, restaurantes, bares e baladas

Lugares incríveis para passar o Carnaval

carnaval 2017

Se você for atrasadinho como eu, provavelmente ainda não se programou direito para o Carnaval. Mas tá tudo bem, ainda tem tempo, e diferentes cidades oferecem opções para todos os gostos: desde os mais foliões com blocos enormes e trio elétrico, passando pelos mais politicamente engajados na ocupação urbana, os que são pura boemia e, como não poderia faltar, praia!

Vem comigo ver essa pesquisa que eu andei fazendo sobre vários lugares incríveis para passar o Carnaval e decidir onde curtir 4 (ou 5, ou 6 ou 7….) dias de sol, música e GLITTERRRR – ou só descanso mesmo, se você for dessas.

Carnaval em São Paulo

Carnaval SP

Pra quem é de outra cidade, deixa eu contar como é: São Paulo vai ter quase 500 bloquinhos de rua esse ano. Na verdade, 495 bloquinhos já se cadastraram na prefeitura. E não é só durante o carnaval que tem folia não, pra quem gosta de estender as festividades e desfilar por aí com pouca roupa (ui!) ocupando a cidade, São Paulo tá cheio de opção. Serão 3 fins de semana – do dia 17 de fevereiro até o dia 5 de março, só de festa por essa cidade maravilhosa! Sem contar no tanto de opções que SP tem que não têm nada a ver com o Carnaval.
→ Agenda oficial aqui!

Carnaval no Rio de Janeiro

Rio Carnaval

O Rio é sempre maravilhoso, e pelo que eu andei vendo por aí, o pré-carnaval já está bombando por lá! A cara do carnaval carioca é do folião boêmio. Tem muita festa no meio da rua, muitos bloquinhos em todos os bairros e cerveja e caipirinhas pra dar aquela calibrada e dançar muito nas ruas de uma das cidades mais lindas do mundo.
 Agenda oficial aqui

Carnaval em Belo Horizonte

Carnaval BH

Pode parecer um destino improvável, mas os mineiros sabem fazer um bom Carnaval. São quase 100 bloquinhos cadastrados junto à prefeitura e mais dezenas de outros que preferem fazer um rolê independente. E para quem acha que não tem praia, tem sim! A Praia da Estação é um evento que transforma a praça da Estação Central da cidade em uma verdadeira praia urbana. Pode preparar seu biquíni sim! (e ainda tem dica dos mais calientes da estação aqui, ó!)
→ Agenda oficial aqui

 

Carnaval em Salvador

Carnaval 2010 - segundo dia de festa no circuito batatinha no Centro Historico de Salvador Na foto: Foto: Roberto Viana/AGECOM

A capital baiana é um clááááássico do carnaval brasileiro e não é à toa. Além de ser o berço cultural do Brasil, tem também praias incríveis e um clima de festa e Axé 24h por dia – pra quem curte! A cara do carnaval na cidade é mais expansiva: os blocos são enormes e atraem muita gente. É claro que tem um motivo pra todo mundo amar o carnaval em Salvador. Tem as melhores músicas e pessoas lindas do país inteiro que vão pra lá só pra dançar, beber e curtir <3
→ Agenda oficial aqui

Carnaval em Olinda

Olinda Carnaval

O Carnaval de Olinda é provavelmente o carnaval mais LOUCO do Brasil. Os foliões são muuuito empenhados, o que resulta em fantasias maravilhosas, elaboradas e engraçadíssimas. Imagina isso junto dos bonecões de Olinda e o frevo do Pernambuco? Incrível! Se você optar por alugar uma casa ou apartamento com amigos, vocês podem dividir os custos e levarem algum profissional para cuidar da limpeza da casa e da cerveja gelada! Programão!
→ Agenda oficial aqui

 

Carnaval em Fernando de Noronha

Fernando de Noronha Carnaval

Apesar de os moradores de Fernando de Noronha fazerem o seu próprio agito e botarem os bloquinhos na rua durante os quatro dias oficiais de carnaval, a cidade é um destino para quem curte mais natureza, praia e paz. Ainda não saiu uma agenda oficial do carnaval da ilha, mas você pode ver algumas dicas que eu já dei de Fernando de Noronha aqui.

Para quem quer curtir o Carnaval fora do Brasil:

Carnaval em Punta del Este

punta del este

Punta del Este só funciona mesmo entre o Natal e o Carnaval. Em janeiro a cidade fica abarrotada, então o final de fevereiro é a época ideal para conhecer o balneário uruguaio – porque tudo está funcionando mas tem menos gente pra disputar lugar na areia e no sol. A água é gelada, mas a cidade é muuuito baladeira. Um destino de carnaval incrível pra quem quer fazer algo diferente! Já fiz um pequeno guia desse lugar que amo tanto, você pode ver aqui <3

 

Carnaval em Cuba

Cuba

Cuba tem se tornado um destino cada vez mais popular, e olha… eu indico! Já passei um carnaval em Havana, mas foi há muito tempo – agora o país está mais aberto ao turismo e, aos poucos, ganhando infra estrutura. De qualquer forma, é um lugar para quem gosta de história, de pessoas e de rum – afinal, Cuba tem o melhor mojito do mundo. Olha aqui a review que eu fiz de Cuba em 2012!

Nesse site também tem dicas essenciais para quem quer conhecer a ilha.

E aí, o que você achou das dicas de lugares para passar o Carnaval em 2017? Me conta aqui embaixo como e onde você pretende passar o melhor feriado do ano!

Beijossss de glitter!

Rancharia Água Fria: uma viagem para detoxicar o coração e a alma

Afffeee, gente, vocês têm ideia do que é voltar totalmente renovada das férias? Eu não sabia, até agora! Vocês lindonas que me seguem no Instagram viram as fotos incríiiiveis, mas deixa eu começar do começo.

Eu terminei o ano SUPER estressada – entre a empresa, a perda da minha avó, os milhares de eventos e a correria de fechamento de ano, sofri de um estresse bizarro que chegou a afetar a minha saúde (fica a lição pra vocês! Vão com calma que a saúde é nosso bem mais precioso! Mais sobre isso mais tarde). E como eu fui visivelmente afetada, tanto meus pais incríveis quando meu Boy maravilhoso me forçaram a tirar férias. Oh, céus!

 

Primeiro fui para Orlando relaxar na nossa casinha (inclusive, tem tour da casinha AQUI!) e depois pra NYC que amo (vlogs AQUI e AQUI). Mais posts sobre essa viagem depois! No dia seguinte do Natal, cheguei no Brasil e fui direto para a Rancharia Água Fria, um verdadeiro refúgio em São Gonçalo do Rio das Pedras, no norte de Minas, escolhido pelo Boy devido ao contato com a natureza e à falta de wifi, 3G, telefone… hahaha! Ele estava convicto que um detox tecnológico que era tudo que eu precisava e olha, não tenho nem como dizer que ele não estava 100% certo!

O nosso ranchinho, como chamávamos carinhosamente, é uma casa de pau a pique que de acordo com o proprietário “remete ao desequilíbrio perfeito, onde o modo primitivo de vida se entrelaça com a ambientação que oferece beleza e conforto aos hóspedes.” De fato, a casinha é rústica mas super confortável e conta com todos os básicos como eletricidade e água quente como uns extras super aconchegantes como forno a lenha e uma decoração super típica. Os entornos da casinha têm vegetação típica do serrado mineiro, uma piscina com água natural do córrego, espaço para uma fogueira ao ar livre, sons e cheiros da natureza e o céu mais lindo que eu já vi na vida!

 

 

 

Além disso, o cenário conta com prados, montanhas, cachoeiras, poços, trilhas… No nosso primeiro dia fomos à busca do Pocinho  uma caminhada de 30 minutos do ranchinho – e não o encontramos. Em compensação nos deparamos com um paredão de cachoeirinhas lindo e com uma vista de tirar o fôlego! Quando terminamos o passeio mortos de fome, fomos até o vilarejo e entramos no Bar do Pescoço para ver se tinha comida. Ele nos informou que ia dar um jeito e meia hora depois estávamos nos deliciando com um banquete típico mineiro no forno à lenha! #teamoMG

No dia seguinte decidimos pegar o carro e ir até a Cachoeira do Tempo Perdido, no vilarejo de Capivari, que deu uma viagem de 1h + 20 minutos de trilha. É meio perrenguinho mas você esquece rapidex porque o destino é de tirar o fôlego: uma cachoeira gigantesca com água que cai em duchas numa praia de areias brancas. Serião.

Perdendo tempo, ganhando vida 💦

A post shared by Luciana Levy (@lu.levy) on

 

Insista, persista e não desista! 👊🏻

A post shared by Luciana Levy (@lu.levy) on

 

A volta de Capivari passa pela cidade de Milho Verde e lá comemos absurdamente bem no restaurante Angu Duro – super recomendo!

O resto do tempo foi gasto relaxando em meio à natureza, conhecendo os entornos do ranchinho e o vilarejo (lá tem mercearias, doceiras, artesanato e uma linda igreja da Matriz que fica no topo de um morro e é o único lugar que pega 3G lá por perto!) e sendo extremamente bem-recebidos pelos nossos anfitriões, Fernando e Katiane. Ambos são profissionais da cidade grande e, em uma casa separada, também usam a Rancharia Água Fria para esquecerem dos estresses da vida. Aliás, eles são extremamente prestativos e explicam direitinho tudo que tem lá por perto!

Você nunca saberá a direção da correnteza se não se jogar na água 💙

A post shared by Luciana Levy (@lu.levy) on

Do caos à paz, sempre com você.

A post shared by Luciana Levy (@lu.levy) on

 

Quando o amor te olha de frente. Obrigada @leoazevedo por ser meu tudo 😍

A post shared by Luciana Levy (@lu.levy) on

 

São Gonçalo do Rio das Pedras fica a 5 horas de carro de BH e muito mais horas do que isso de São Paulo (paramos em BH na ida e Casa Branca, cidade do Boy, na volta!). É um rolezão mas pode confiar – vale demais a pena!

screen-shot-2017-01-05-at-4-04-01-pm

A Rancharia está no AirBNB e é uma super dica para quem realmente precisa de umas férias do mundo!

E vocês, minhas lindas, o que fizeram no final do ano? Curtiram muito? Relaxaram? Me conta aí nos Pitacos deixando um comentário! ♥

Mala de fim de semana: fazendo a mala para bate-e-volta em Miami! #TVLulu

mala de fim de semana

Geeeente, eu fiz bate-e-volta em Miami! Que ryyyycahhh! kkkk

Mentira, quem acompanhou no Snap (lucianar) e no Insta viu que foi uma SUPER correria com o único propósito de estar presente no casamento da minha melhor amiga da vida, a Danielle. E aí fazer a mala foi aquele drama porque né, em 3 dias dá para usar no máximo 6 looks, isso se eu for muito ninja e fazer trocas de figurino mais rápido que a Madonna! Sem contar que uma dessas produças era o próprio vestido de festa, que teve todo aquele esquema de cabelo, maquiagem, joias etc. E aí vem a missão: fazer uma mala de fim de semana de mestre!

Então resolvi compartilhar a coisa toda com vocês, claro, porque assim fica muito mais divertido, e documentei o processo todo em vídeo. Tem tudo sobre a escolha dos looks, a melhor estratégia para fazer uma mala funcional para 3 míseros dias e as minhas escolhas de cosméticos e maquiagem para a viagem. Dá o play aí!

 

Além da mala, também filmei a viagem em toda com meu personal videomaker, o Boy. hahaha. Nem preciso falar que a gente documentou tudinho e no processo, se divertiu horrores, né? O vlog de Miami sai sexta que vem no Canal do YouTube, então já vai lá e se inscreve pra não perder nadica! Nos vemos por lá!

E aí, gostou?! Achou que sou uma boa fazedora de malas? kkkkk Como você teria feito para passar só três diazinhos em Miami? Me conta! Deixe seus pitacos aí nos comentários e compartilha esse post cazamiga, miga!

Beijosssss!